x



Blog Haskell









Você não precisa passar pelo corte químico




Químicas em geral danificam o cabelo. É difícil a mulher que não saiba desta informação, mas acabamos cedendo aos processos químicos em nome da beleza. A situação não fica tão legal quando nosso cabelo simplesmente quebra numa mesma direção no comprimento do fio. É o que chamamos de corte químico.

Algumas pessoas confundem corte químico com queda capilar. Queda capilar é quando a matriz do fio sofre algum dano (interno), no folículo piloso e, como consequência ocorre a queda. Já o corte químico acontece quando o cabelo passa por um processo químico em que ele não resiste e acaba quebrando (externo) no comprimento do fio.

Definitivamente você não precisa passar pelo corte químico! Para que o cabelo possa receber um procedimento químico ele precisa estar bem saudável. Antes de aplicar qualquer química é preciso que o profissional ou a pessoa que for fazer realizar o procedimento faça um diagnóstico adequado do fio, testando a elasticidade, porosidade e espessura. A partir desta análise, é possível saber se o cabelo vai suportar ou não a química.

Durante a análise feita no teste de mecha é possível prever a ocorrência do corte indesejado, uma vez que o cabelo dá sinais de falta de elasticidade, força e resistência. Isso não significa que uma pessoa com os fios fragilizados não possa realizar processos químicos.

Para fortalecer os cabelos e prepará-los para receber a química é preciso realizar um tratamento de reconstrução, hidratação e nutrição para preparar o fio, evitando que ocorra o corte químico. Se os fios estiverem ressecados e desidratados eles não vão suportar nenhuma intervenção química. Por isso a prevenção é tão importante.

Mas se seus cabelos já foram prejudicados, é preciso agir ativamente para cessar a quebra capilar. O segredo é o mesmo da prevenção. É importante fazer um tratamento para repor os nutrientes e proteínas perdidos diariamente em processos mecânicos e químicos para recuperar a saúde e brilho dos fios.

Nossa linha #Cronopower oferece reconstrução, hidratação e nutrição, restaurando os fios em apenas quatro semanas. Se o cabelo estiver muito danificado, é preciso um processo mais rigoroso e por mais tempo para fortalecer o cabelo para a química.

cronopower

Sávio Gonçalves, nosso técnico cabeleireiro dá uma super dica para as amantes de descoloração, alisamentos e coloração, “é interessante fazer o tratamento de cronopower tanto antes da química como fator de prevenção, como depois também, como fator de recuperação”.